Força para Viver

Então ele disse: – Bem de-va-gar. Inspira. Expira. Inspira. Expira. Insp… – Tá bom! Tá bom! Já entendi! – interrompeu ela com o nível de estresse visivelmente elevado.

Às me vezes me pergunto se nós sabemos respirar direito. Apesar de sabermos que respirar é um milagre, cada dia parece que é mais raro respirarmos de-va-gar. Simplesmente parece que de-va-gar não dá tempo, não é? De-va-gar demora muito! O dia é curto! O relógio não para!

“Anda logo!”, você ouve alguém apressado. “Vamos! Vamos!”, diz a mãe já saindo atrasada. “O que? Já estamos quase no meio do ano? Daqui a pouco é Natal!”, diz o avô com a sensação de estar vendo a vida passar muito depressa.

Eu sei que respirar é algo natural. Nós respiramos desde o dia em que nascemos e fazemos isso 24h no modo automático com a ajuda de músculos que, através de movimentos involuntários, são responsáveis por nos manter vivos. Mas será que respirar, além de ser mecânico e involuntário, é algo que fazemos somente para nos manter vivos? Será que há algo mais que poderíamos fazer através da nossa respiração?

Respirar é o ato de inalar oxigênio e exalar gás carbônico para trocar os gases dos pulmões, descrito como ventilação pulmonar.

Sei que em muitos esportes a respiração é fundamental para o movimento feito durante o exercício físico. Na época dos meus abdominais diários eu inspirava na descida para expirar na subida, parece que o exercício ficava bem mais fácil desse jeito.

Mas acredito que há um tipo de respiração que precisamos resgatar. Uma respiração divina que foi colocada em nós com um propósito: nos trazer calmaria em dias de correria e renovo ao nosso corpo, alma e espírito.

Se voltarmos para onde tudo começou, o Gênesis, Deus soprou fôlego da vida em nós. Quando Deus nos criou Ele soprou em nossas narinas profundamente e nos deu vida, colocando Seu próprio Eu em nós através do soprar. Essa é uma simbologia que eu fiz questão de pesquisar. O Gênesis diz:

“E formou o Senhor Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem se transformou em alma vivente.” (Gênesis 2:7)

Essa força que dá vida aos seres humanos é uma das palavras mais interessantes do hebraico: “neshamá” (נשמה). Esta palavra contém um segredo incrível. A palavra “neshamá” é derivada do verbo “nasham” (נשם) que significa “respirar“. Se a força que nos deu vida (neshamá”) veio através do soprar e Deus com Seu “oxigênio divino” nos deu fôlego de vida, então quer dizer que a força para viver está em receber fôlego.

Talvez seja por isso que a maioria de nós tem reclamado de cansaço e desânimo. Por que nos falta respirar (“nasham”) para receber a força que nos traz vida (neshamá”).

Vamos parar de dizer que estamos sem tempo ou corridos. Quando alguém te perguntar como você está, pare de dizer “Estou na correria.” e diga “Estou bem! Graças a Deus que me fortalece!” Deus é quem nos renova e quem nos dá força para viver. Através do Seu sopro qualquer problema e desânimo podem desaparecer.

Então, deixe Deus cuidar de você. O trabalho de cuidar é dEle. O nosso é de lembrar de respirar de-va-gar.

Aproveite o “neshamá” de Deus que há em você, a força que dá vida aos seres humanos. Que você respire de-va-gar, aproveite o dia que se chama hoje e lembre-se:

“Todo ser que RESPIRA louva ao SENHOR!” (Sl.150:6)

Deus te abençoe.

Kelen Franco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s